Como as empresas irão ajustar as necessidades do negócio com o aumento das cargas de trabalho em TI?

A seguir, saiba como as empresas irão ajustar as necessidades do negócio com o aumento das cargas de trabalho em TI! Não deixe de ler!

Na era dos dados, as empresas têm usado cada vez mais a tecnologia como componente estratégico para os negócios. No entanto, a adoção de novas soluções e processos tem gerado um aumento significativo das cargas de trabalho, o que tem levado as infraestruturas de TI a um nível de estresse.

Em geral, isso causa uma série de problemas como lentidão nos sistemas, aumento do tempo de resposta e até mesmo comprometimento de componentes físicos de hardwares, que ficam sobrecarregados.

Consequentemente, são percebidas perdas, tanto na produtividade dos colaboradores, quanto na experiência do usuário, internos e externos.

Por isso, as empresas precisam investir em soluções de gerenciamento de cargas de trabalho bem como na construção de uma infraestrutura de TI capaz de suportar o aumento constante nos níveis de processamento e armazenamento de dados.

Para lidar com esses desafios, o Gartner aponta que a tendência de mercado é a adoção de soluções diversificadas e integradas, como infraestrutura em nuvem, computação de borda e armazenamento computacional.

Mas, afinal, como as empresas podem lidar com o crescente aumento de cargas de trabalho de TI para atender a seus objetivos de negócio? Descubra a seguir!

Defina suas cargas de trabalho

Uma carga de trabalho é basicamente algo em execução em algum lugar, fornecendo um serviço ao consumidor. No entanto, isso não significa que elas são iguais.

Algumas cargas de trabalho podem ser estáticas – sempre presentes, nunca desligadas.

Serviços essenciais como sistemas de ERP, CRM e e-mail são exemplos de cargas de trabalho estáticas. Os requisitos de demanda e tempo de atividade são conhecidos.

Também existem cargas de trabalho dinâmicas ou efêmeras. Alguns exemplos incluem ativação de um ambiente PoC (Proof of Concept) para um novo projeto ou executar o processamento em lote no final do mês.

A importância das cargas de trabalho sempre varia com base no contexto (por exemplo, quem está sendo afetado).

Assim, ao definir suas cargas de trabalho, você consegue identificar quais são mais importantes para a sua operação, que possuem maior probabilidade de variação significativa, etc.

Essas informações serão úteis para definir onde cada carga de trabalho deve ser alocada para atender às suas necessidades de negócio.

Defina onde executar as cargas de trabalho

Muitas empresas enxergam a nuvem como a solução ideal para lidar com o aumento de volume e de processamento de dados.

No entanto, nem todas as cargas de trabalho devem ser executadas na nuvem. É importante equilibrar as necessidades de negócios em relação aos custos.

De fato, a nuvem é extremamente atraente para projetos que precisam ser acelerados ou que têm uma vida útil limitada. Mas a conformidade e a latência podem complicar as cargas de trabalho baseadas nesse tipo de infraestrutura.

Se você precisa de muita agilidade, como processamento em tempo real ou streaming de mídia, o ideal é que as cargas de trabalho sejam executadas muito perto da origem dos dados, evitando problemas de latência. Para esses casos, o mais recomendável é a implementação de uma nuvem de borda.

Além disso, a implantação na nuvem pode ser financeiramente atraente, mas o retorno do investimento pode não ser alcançado.

Por isso, é preciso muito cuidado e análises aprofundadas para determinar quais cargas de trabalho devem ser executadas na nuvem. Caso contrário, futuramente sua empresa terá que ter mais gastos para trazê-las de volta para mais próximo de seus data centers.

Saber como e onde executar cargas de trabalho faz toda a diferença nos resultados. Portanto, é fundamental determinar quais suas necessidades de negócio para cada tipo de aplicação ou serviço.

Modernize a infraestrutura local

Como destacado anteriormente, em muitos casos, é fundamental que as cargas de trabalho sejam executadas próximo de onde os dados são gerados e consumidos.

Alguns exemplos são projetos que envolvam dispositivos de Internet das Coisas (IoT), live streaming, aplicativos exigentes de varejo, etc.

Fatores relacionados à segurança de dados e conformidade também devem ser considerados. Por exemplo, muitas empresas preferem manter os dados pessoais de seus clientes armazenados e processados localmente, a fim de garantir o cumprimento da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Portanto, é fundamental que sua infraestrutura local seja capaz de responder aos aumentos constantes das cargas de trabalho, para garantir o bom funcionamento das aplicações e a segurança dos dados.

De fato, muitas vezes, é necessário uma reformulação estrutural e uma abordagem centrada nas cargas de trabalho.

Isso inclui, dentre outras coisas, investimento em servidores modernos, com desempenho escalável, gerenciamento seguro e simplificado, maior densidade de armazenamento, etc.

Conte com o auxílio de especialistas

Preparar sua empresa para lidar com o aumento das cargas de trabalho e, ao mesmo tempo, atender às novas necessidades de negócio não é uma tarefa fácil.

É preciso ter um conhecimento especializado para determinar quais cargas de trabalho precisam ser executadas localmente e quais vale a pena executar na nuvem.

Também é essencial ter um conhecimento avançado em infraestrutura de TI, a fim de planejar e implementar uma abordagem que capacite a empresa para lidar com as demandas atuais e futuras e que contemple todos os requisitos de segurança.

Muitas vezes, isso implica na criação de uma nuvem de borda, para lidar com requisições prioritárias, que exigem baixa latência.

Além disso, as empresas precisam modernizar seus servidores e adotar soluções compatíveis com a era de dados. Ou seja, equipamentos com maior poder de processamento, armazenamento, desempenho escalável em um formato denso, gerenciamento seguro e simplificado da borda à nuvem ao núcleo, etc.

Para não errar e adotar uma abordagem sob medida para suas necessidades de negócio, o mais recomendável é contar com uma consultoria especializada, como a NetCenter.

Somos uma empresa experiente e especializada em capacitar outras empresas com as melhores tecnologias e serviços de nível empresarial.

Além disso, trabalhamos com parceiros líderes em diversos setores de atuação, como a Dell Technologies, com quem estamos juntos há quase uma década.

Contamos com qualificação DELL EMC PARTNER PLATINUM, que nos garante competência para gestão de infraestrutura e arquitetura de projetos e implementação de soluções modernas, como a família de servidores PowerEdge XE, os quais foram projetados especificamente para cargas de trabalho complexas de computação e uso intenso de armazenamento.

Entre em contato com a NetCenter e saiba como podemos capacitar a sua empresa para lidar com o aumento das cargas de trabalho de TI e ajustar a sua infraestrutura para atingir seus objetivos de negócio!

One Comment on “Como as empresas irão ajustar as necessidades do negócio com o aumento das cargas de trabalho em TI?”

  1. Pingback: Como a tecnologia HCI pode contribuir com a nuvem híbrida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *