Entenda o porquê que a segurança de dados precisa ser prioridade para a sua empresa?

No conteúdo a seguir, explicaremos quais os impactos que a empresa pode sofrer, caso ela negligencie a segurança dos dados! Não perca!

Nos últimos anos, a segurança de dados tem ganhado cada vez mais espaço nas estratégias de negócios. E não é para menos. Os ataques cibernéticos têm se tornado cada vez mais sofisticados e, consequentemente, mais exitosos na missão de roubar, sequestrar e vazar informações sigilosas.

Para as empresas brasileiras a situação é ainda mais crítica. O país é um dos líderes mundiais em termos de ciberataques. Segundo levantamento da Fortinet, foram registrados mais de 2,6 bilhões de tentativas de ataques cibernéticos no Brasil somente no primeiro semestre de 2020.

Soma-se a isso a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), cujas disposições gerais já estão em vigor e que pode impor severas punições às organizações que forem negligentes com a segurança da informação.

Apesar de todos esses pontos, ainda há empresas que não tratam a segurança de dados como prioridade. Saiba por que você não deve cometer esse erro!

Violações de dados custam caro 

As violações de dados normalmente custam às empresas cerca de R$ 5,88 milhões, em média. Agora, com a LGPD, a expectativa é que esse valor aumente ainda mais.

Além de perdas financeiras, vazamento de dados também impactam negativamente a imagem da marca, levando as empresas a perderem oportunidades de negócios futuros ou até se indispor com clientes atuais.

Portanto, a segurança de dados é fator primordial para evitar prejuízos, para o cumprimento da lei e também para garantir a continuidade dos negócios.

Os novos modelos de trabalho exigem mais atenção com a segurança da informação

A pandemia da COVID-19 acelerou uma tendência que já era anunciada há alguns anos pelos especialistas em mercado de trabalho: o trabalho remoto.

A partir de agora, as empresas deverão lidar com o aumento de demanda por regimes híbridos ou mesmo de home office em tempo integral.

Essa descentralização dos colaboradores, em muitos casos, acabam aumentando as vulnerabilidades dos sistemas de TI.

Diante desse novo cenário, muitas empresas especialistas em segurança de dados alertaram para a proliferação das micro violações que, a curto ou médio prazo, podem trazer grandes prejuízos.

Uma única credencial roubada permite que um hacker obtenha acesso e use vulnerabilidades não corrigidas de configurações de segurança ruins para escalar privilégios dentro de um sistema e, portanto, se infiltrar em mais servidores e obter acesso a uma hierarquia de dados.

Além do trabalho remoto, o crescimento das micro violações podem ser explicado pelo aumento na “superfície de ataque” – o número de dispositivos ou pontos de acesso que concedem permissões para a rede.

Sem as ferramentas de proteção adequadas, os cibercriminosos podem ter acesso aos principais sistemas de TI de uma organização.

A segurança de dados é crucial para a formulação de estratégias de negócio assertivas

Hoje, tudo é digital. As principais estratégias de negócio são formuladas com base em relatórios e indicadores obtidos a partir de sistemas de informação.

Agora, imagine se sua empresa estiver com os dados “contaminados”? Isto é, se seus sistemas estiverem vulneráveis a ponto de que pessoas não autorizadas possam alterar, inserir ou deletar dados.

Obviamente, todos os planejamentos seriam feitos com base em informações equivocadas, o que diminuiria as chances de sua empresa obter sucesso em suas estratégias de negócio.

Esse é outro ponto que faz de a segurança de dados ser uma prioridade para empresas de qualquer tamanho ou segmento.

É preciso garantir que seus dados, que servem como base para as decisões estratégicas, sejam confiáveis e isso só é possível quando você tem a certeza de que eles estão protegidos contra todo tipo de ameaça.

A segurança de dados é um requisito legal

Conforme já mencionado, em 2020 entrou em vigor as disposições gerais da LGPD. Agora, as empresas precisam adequar seus processos para garantir que, dentre outras coisas, os dados pessoais em seu poder estejam sempre protegidos.

O não cumprimento das exigências da LGPD pode gerar uma série de sanções, como a suspensão do exercício da atividade de tratamento dos dados pessoais, e penalidades que podem chegar a R$ 50.000.000,00 (cinquenta milhões de reais) por infração.

Vale ressaltar que a LGPD é aplicável a todas as empresas.

Incidentes de segurança afetam a produtividade 

Geralmente, as manchetes sobre ataques cibernéticos sempre se concentram em dados e custos. No entanto, os prejuízos para as empresas vão muito além disso.

Se, por exemplo, um ataque de ransomware atingir sua rede, os arquivos críticos ficarão indisponíveis. Isso significa que seus funcionários não poderão trabalhar. E o impacto que isso pode ter na produtividade da sua organização pode ser devastador.

Outros tipos de ataque também causar lentidão em sistemas locais ou em aplicações web, impactando negativamente no desempenho de cada colaborador.

Uma infraestrutura de TI segura oferece confiança ao cliente

Os consumidores estão mais preocupados com a segurança de dados na era digital. Portanto, inspirar confiança em seus sistemas de TI é essencial.

Se você puder demonstrar que está trabalhando com profissionais para garantir a segurança de dados de seus clientes, poderá inspirar mais confiança.

Se, por outro lado, sua empresa estiver envolvida em vazamento de dados, esse será um fator que pode instigar seus clientes a procurar a concorrência.

Maneiras de melhorar a segurança de dados

Agora que você já sabe por que a segurança de dados precisa ser uma prioridade para a sua empresa, conheça algumas formas de melhorá-la:

Identifique os riscos

O primeiro passo consiste em mapear os riscos digitais associados ao seu negócio e aderentes à legislação vigente. Assim, você pode desenvolver e implementar a estratégia mais assertiva para eliminar as vulnerabilidades.

Proteja os seus dados e aplicações

Depois de identificar os riscos, você deve definir, adquirir e implementar as soluções tecnológicas adequadas para evitar a perda e/ou vazamento de informações.

Além disso, você deve investir na capacitação de seus colaboradores, para que eles possam estar cientes dos riscos e de como se portar diante de potenciais ameaças.

Gerencie as suas ferramentas de proteção e os riscos

A segurança de dados deve ser entendida como um processo contínuo que deve ser adequado frequentemente para que, assim, sua empresa seja capaz de combater as novas ameaças que surgem a cada momento.

Além disso, é preciso que as suas ferramentas de proteção sejam corretamente gerenciadas, para que permaneçam operantes e eficazes ao longo do tempo.

Vale lembrar que seu ambiente de TI é dinâmico e que a incorporação de novas ferramentas e tecnologias trazem consigo alguns riscos associados a elas, que devem ser corretamente identificados e tratados.

Como você pode ver, garantir a segurança de dados não é uma tarefa fácil. Por isso, é recomendável contar com a assessoria de empresas especializadas, que podem ajudar a sua equipe de TI a construir um ambiente muito mais proativo e seguro.

Nesse sentido, você pode contar com a NetCenter, uma empresa com 25 anos de experiência e que conta com profissionais altamente capacitados e que é parceira dos principais desenvolvedores de soluções de segurança da informação do mercado.

Entre em contato conosco e permita que nossos especialistas apresentem um modelo de segurança de dados sob medida para a sua empresa!

2 Comments on “Entenda o porquê que a segurança de dados precisa ser prioridade para a sua empresa?”

  1. Pingback: Como as empresas podem lidar com o aumento das cargas de trabalho?

  2. Pingback: HIC: 6 benefícios que vão ajudar a sua empresa no pós-crise

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *